LeBron James lamenta episódio de racismo após ter casa vandalizada

Maior pontuador da história da NBA disse que, não importa a posição financeira, "ser negro é difícil"

Relacionadas

Perto de iniciar nesta quinta-feira sua sétima final seguida da NBA, na busca de mais um título com sua atual equipe, o Cleveland Cavaliers, contra o Golden State Warriors, na que é a final mais esperada da história, o astro LeBron James se manifestou sobre o episódio de racismo que sofreu há uma semana, quando sua mansão foi pichada com insultos preconceituosos. O Fera mostrou para você como foi.

Segundo o jogador, a situação vivida pelos negros nos Estados Unidos é muito difícil. "Não importa quando dinheiro você tenha, o quão famoso você seja, quantas pessoas te admirem, ser negro é difícil. Nós temos um longo caminho a percorrer como sociedade para que nós, afro-americanos, possamos nos sentir como iguais aqui nos Estados Unidos", declarou James.

O astro se disse muito preocupado com as demonstrações de ódio que vem sofrendo - e também sua família, que garantiu estar em segurança. "Eles estão bem e isso é o mais importante. Mas isso só mostra como o racismo será sempre parte do mundo, parte dos Estados Unidos. Você sabe que o ódio aqui, especialmente pelos afro-americanos, está vivendo todos os dias".

As informações são da ESPN.com.br.

MAIS SOBRE:

basqueteNBABasquete
Comentários