LeBron James usará próprio nome em camisa em vez de mensagem social

Astro justifica dizendo que não precisa de algo em seu uniforme para dizer quem é e qual a sua missão

Relacionadas

Astro da NBA e do Los Angeles Lakers, LeBron James decidiu por usar o próprio nome na camisa quando a temporada retornar. A liga anunciou recentemente que vai permitir que jogadores usem uniformes com mensagens sociais em vez de seus tradicionais sobrenomes. A iniciativa acontece em meio ao cenário em que protestos antirracistas acontecem pelo mundo todo, desencadeados pela morte de George Floyd por um policial branco.

James participou de uma videoconferência neste sábado com jornalistas e explicou sua decisão. "Eu não preciso ter algo nas costas da minha camisa para as pessoas entenderem minha missão ou saberem sobre quem eu sou e o que eu estou fazendo aqui", declarou o ala.

O camisa 23 avaliou uma lista de frases aprovadas pela NBA, mas não viu uma que o convenceu a fazer tal mudança. "Não é desrespeito com a lista que foi distribuída a todos os atletas", explicou o astro. "Eu recomendo a alguém que queira estampar tal mensagem. É apenas algo que realmente não ressoa seriamente com a minha missão, com o meu objetivo."

"Eu adoraria ter algo a dizer sobre o que teria saído na parte de trás da minha camisa. Eu tinha algumas coisas em mente, mas não fazia parte desse processo, o que é bom. Eu estou absolutamente bem com isso", finalizou o jogador dos Lakers.

Algumas das frases aprovadas pela NBA para que jogadores usem no lugar de seus nomes são: "Vidas Negras Importam", "Diga Seus Nomes", "Não Consigo Respirar" e "Nos Respeitem". Esta última foi escolhida pelo colega de Los Angeles de LeBron, JaVale McGee.

MAIS SOBRE:

basqueteNBA [National Basketball Association]Los Angeles LakersLebron JamesGeorge Floyd
Comentários