Lillard diz que pensou em Seattle ao fazer cesta que eliminou Thunder, entenda

Franquia da cidade era uma das mais queridas da NBA, até se mudar para Oklahoma City

Relacionadas

Damian Lillard joga pelo Portland Trail Blazers, mas não era Portland a cidade que estava na cabeça do armador ao fazer a cesta antológica que eliminou o Oklahoma City Thunder nos playoffs da temporada 2018-19 da NBA. Era Seattle.

Explica-se: Seattle era a casa do Supersonics, franquia que se mudou para Oklahoma City em 2008. Como o Supersonics era uma franquia considerada simpática pelos fãs de basquete, o Oklahoma City Thunder já nasceu odiado pelos torcedores de outros times.

“O que eu posso dizer? Aquilo foi por Seattle”, declarou Lillard durante participação no Sports Business Radio Podcast, do apresentador Brian Berger, no dia 16 de julho.

A cesta foi de fato histórica: no estouro do cronômetro do jogo 7 da série, quando a partida estava empatada, Lillard arriscou quase do meio da quadra e acertou para três pontos. Depois daquilo, o Portland Trail Blazers foi até a final de conferência, quando foi varrido pelo Golden State Warriors.

Já o Thunder entrou em reformulação e negociou suas principais estrelas, Paul George e Russell Westbrook. Em Seattle, embora haja a vontade de recriar uma franquia, a informação na imprensa norte-americana é que a expansão da liga não deve acontecer antes de 2025.

MAIS SOBRE:

basquetePortland Trail BlazersOklahoma City ThunderSeattle Supersonics
Comentários