Morcegos marcam a rodada da NBA: de atleta apavorado à suspeita de raiva

A invasão do animal é comum em alguns ginásios de basquete dos Estados Unidos

Relacionadas

A vitória do San Antonio Spurs diante do Milwaukee Bucks pela NBA teve um protagonista inusitado, que sequer pisou em quadra. Como é de costume, mais uma partida no AT&T Center, ginásio do Spurs, teve que ser paralizada por conta de uma invasão de morcegos.

Até o mascote do time já estava preparado: vestido de Batman, o Coiote entrou com sua redinha na tentativa de capturar o animal que sobrevoava a quadra. Mas nem todo mundo estava tranquilo: além de alguns gritos na arquibancada, um jogador em específico também se mostrou incomodado com a situação.

O armador Eric Bledsoe, do Bucks, mostrou não estar tão acostumado com o bicho voador. Depois do duelo, o jogador até reclamou do episódio em seu Twitter. "Mãe eu fui atacado hoje", escreveu na publicação que ainda conta com a hashtag "o invicto morcego de San Antonio".

Doença. A vitória do Indiana Pacers sobre o Los Angeles Clippers na última quinta-feira também contou com morcegos sobrevoando as arquibancadas. Mais do que o susto, o Departamento de Saúde do Estado de Indiana afirma que os torcedores ficaram expostos à raiva. 

O bicho não foi capturado, por isso não dá para saber se ele tem a doença. Ainda assim, a recomendação é que qualquer pessoa que teve contato com o animal tome a vacina por precaução. Em 2009, Manu Ginobili tomou a vacina após acertar um animal durante uma partida do San Antonio Spurs.

MAIS SOBRE:

San Antonio SpursBatmanSan Antonio [Estados Unidos]Indiana Pacersanimalraiva [doença]vacinamorcego
Comentários