Raptors devem recusar convite de Trump para visitar Casa Branca, diz Danny Green

Ala, no entanto, demonstrou ansiedade para se encontrar com Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá

Relacionadas

Se Donald Trump estava pensando em convidar os atletas do Toronto Raptors para visitar a Casa Branca, vai acabar pensando duas vezes. Danny Green, ala da franquia canadense, afirmou que ele e seus colegas devem rejeitar o convite do presidente dos Estados Unidos, tradicionalmente feito às equipes que vencem campeonatos nacionais dos principais esportes, incluindo a NBA.

“Eu simplesmente não acho que aceitaremos [convite], para ser educado. Eu tento respeitar todos em qualquer campo de atuação, independente de quão malucas são as coisas. Mas ele torna isso muito difícil. Ele torna tudo muito difícil de respeitar da forma que faz as coisas. Mas para ser educado, não acho que será uma negativa difícil”, declarou Green no podcast 'Inside The Green Room', do Yahoo Sports.

Green até tentou prever a reação de Trump à recusa. “Tenho certeza de que ele vai declinar o convite se decidirmos dizer não. Ele vai dizer: ‘Bem, eu não os convidei de qualquer maneira’. Isso é bom”, projetou.

Por outro lado, Green afirmou que deseja visitar Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá, em Ottawa. Trudeau participou da festa do Raptors após a conquista do título. “Estou ansioso para isso. Eu nunca fui – eu não sei como será isso. Eu não sei como é a Casa Branca do Canadá. Tem coisas diferentes que eu estou ansioso para verificar e observar como (Trudeau) opera sua atmosfera de trabalho”, animou-se o atleta.

“O filho dele (Trudeau) é um grande fã. O filho dele disse que eu sou o [jogador] favorito dele. Não sei se isso é verdade ou não, mas ele disse na frente da equipe em um dos nossos treinos”, finalizou o ala.

Desde que Donald Trump assumiu o posto de presidente, nenhuma das equipes campeãs da NBA aceitou o convite para visitá-lo. Em janeiro de 2019, o Golden State Warriors, então campeão, até viajou a Washington, mas para se encontrar com o ex-presidente Barack Obama.

MAIS SOBRE:

basqueteDonald TrumpToronto RaptorsCasa Branca [Estados Unidos]NBA [National Basketball Association]
Comentários