Rudy Gobert chora por ficar fora do All-Star Game e é zoado por adversários

Pivô do Utah Jazz foi às lágrimas após a vitória sobre o Atlanta Hawks

Relacionadas

Não foi só o goleiro que levou um belo frango que caiu no choro: Rudy Gobert, do Utah Jazz, também chorou e foi alvo de muita tiração de sarro por parte de seus companheiros de NBA. O jogador francês foi questionado por repórteres sobre ter ficado de fora de seu primeiro All-Star Game e ele desabou.

Na entrevista após a vitória por 128 a 112 sobre o Atlanta Hawks, o pivô do Utah Jazz comentou que a última quinta-feira, quando foi divulgada a lista dos participantes sem seu nome entre os 14 reservas que participarão da partida, foi uma "noite difícil". "Minha mãe me ligou chorando", revelou o pivô antes de chorar.

De acordo com estatísticas da ESPN, o pivô de 2,16 metros lidera a NBA com 65% de aproveitamento nos arremessos. Quin Snyder, técnico da equipe, também mostrou estar insatisfeito pelo jogador ter ficado de fora do jogo que acontece no dia 17 de fevereiro.

"Rudy Gobert com certeza deveria ser um All-Star. Ele é um dos jogadores com mais impacto na liga. Isso é claro, não é subjetivo e mostra os problemas na seleção do All-Star game", defendeu. Também tiveram atletas adversários que optaram por tirar sarro de Gobert por suas lágrimas.

Andre Iguodala perguntou se ele choraria no carro. Draymond Green, do Golden State Warriors, alfinetou o francês: "Acho que eu deveria chorar também....sem Charlotte?", escreveu em uma publicação no Twitter em referência ao local que a partida ocorrerá: em Charlotte, na Carolina do Norte.

Por fim, Isaiah Thomas, do Denver Nuggets, analisou "Você é muito grande para chorar assim". Como no ano passado, as equipes serão divididas por dois jogadores, desta vez Giannis Antetokoumpo (Bucks) e LeBron James (Los Angeles Lakers).

Os titulares votados do Oeste, além de LeBron, são: Stephen Curry (Warriors), James Harden (Houston Rockets), Paul George (Thunder) e Kevin Durant (Warriors). Pelo Leste, além de Antetokounmpo, são: Joel Embiid (76ers), Kawhi Leonard (Raptors), Kyrie Irving (Boston Celtics) e Kemba Walker (Charlotte Hornets).

 

MAIS SOBRE:

basqueteUtah JazzNBA [National Basketball Association]Draymond GreenIsaiah Thomas
Comentários