Tricampeão da NBA comenta relacionamento com filho gay de 12 anos

Dwyane Wade explica sobre o processo de aceitação e critica o preconceito contra a comunidade LGBTQ+

Relacionadas

Dwyane Wade, tricampeão da NBA pelo Miami Heat, comentou sobre a sua relação com o filho Zion, de 12 anos, que assumiu ser gay. O ex-jogador explicou sobre o processo de aceitação e criticou o preconceito contra a comunidade LGBTQ+.

"Eu tive que me olhar no espelho quando meu filho tinha 3 anos e eu e minha esposa começamos a perceber que ele não estava na mesma sintonia de um menino como Zaire (outro filho de Wade). Eu tive que me olhar no espelho e dizer: "E se o seu filho voltar para casa e disser que é gay? O que você vai fazer? Como vai ser? Como vai agir? Não é sobre ele. Ele sabe quem ele é. É sobre você. Quem é você?", disse Wade em entrevista aos ex-atletas Matt Barnes e Stephen Jackson durante o podcast "All the Smokes".

Durante o processo de aceitação, Wade destacou o papel de sua esposa. "Eu cresci em uma mesma perspectiva de muitas pessoas que são um pouco ignorantes. E você conhece pessoas durante a vida que te ajudam a tirar esses óculos e colocar outros para você ver a vida com lentes diferentes. Foi isso que a minha esposa fez. Então, tem sido muito legal", disse.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

As a family, we believe inclusion and equality are two essential pillars needed to move towards growth and progressive thinking and action in our society. We have created a Limited Edition T shirt to help create a more inclusive space with our platform. The Wade family and @yngdna have decided to donate $50k and 50% of the proceeds of sales of the Pride shirts to The GLSEN organization whose mission strives to ensure safe schools for all students, regardless of sexual orientation as well as gender identity. For 25 years GLSEN has been the leading national organization focused on ensuring safe and affirming schools for LGBTQ+ students #StopKillingBlackTransWomen #StopKillingTransWomen #TransWomenAreWomen #SupportingEachOtherWithPride PS @kaaviajames has a very cool @yngdna Pride piece coming soon

Uma publicação compartilhada por Gabrielle Union-Wade (@gabunion) em

Recentemente, o astro do basquete recebeu diversas mensagens nas redes sociais após sua esposa publicar uma foto de Zion com roupas artefatos considerados "femininos". "Quando eu respondo a certas coisas nas redes sociais, eu não respondo porque feriu os meus sentimentos. Eu respondo porque entendo a minha plataforma, entendo que falo por pessoas que não têm a mesma voz que eu. Eu falo por muitos da comunidade LGBTQ+. Nesse processo, vai ter muita negatividade, muito ódio. E não é só pela sexualidade do meu filho, mas por ser também um jovem negro e com tudo que vem com isso", explica.

Além de Zion, Wade é pai de Zaire, de 17 anos, e Xavier Zecharian, de 6 anos. Ele afirma que todos eles são livres para fazer as próprias escolhas e ressalta o papel da família. "Primeiramente, você não fala sobre ter força e confiança. Meu filho de 12 anos tem muito mais do que eu. Você pode aprender algo com as crianças. Eu e minha esposa fazemos questão de que eles entendam o poder de suas vozes. Nós queremos que eles sejam o que eles quiserem ser nesse mundo. É o nosso objetivo. Eu vi a transformação na vida do meu filho e nada mudou no meu amor, nada mudou nas minhas responsabilidades. O que eu tenho que fazer agora é me educar mais. É o meu trabalho".

 

MAIS SOBRE:

basqueteDwyane Wade
Comentários