Abel Braga se machuca ao comemorar gol: 'Achei que tinha levado um tiro'

Técnico do Fluminense lesionou panturrilha logo após gol do Fluminense contra o Nacional Potosí pela Sul-Americana

Relacionadas

Se a vitória do Fluminense por 3 a 0 sobre o Nacional Potosí, da Bolívia, foi tranquila e praticamente garantiu a classificação do clube carioca para a segunda fase da Copa Sul-Americana, o time correu o risco de acabar sofrendo um duro e, com certeza, inesperado desfalque: o do técnico Abel Braga.

+ Você acha que o STJD deve anular a final do Paulistão se comprovada interferência?

+ Neymar em alta: Como jogadores influenciam na escolha do nome dos bebês

+ Tevez garante empate do Boca Juniors e rivais do Palmeiras não perdoam

O treinador do Flu não tem nenhum problema sério de saúde. No entanto, na noite desta quarta-feira, ele acabou sofrendo com uma "obra do acaso": machucou-se  durante a comemoração do segundo gol tricolor, ao sentir uma fisgada na panturrilha. E, segundo suas próprias palavras, sofreu um grande susto, chegando a pensar que havia sido agredido ou até levado um tiro.

O técnico, que foi jogador profissional durante 20 anos, foi bastante sincero ao comentar a lesão e se mostrou assustado - ele, que tem 65 anos de idade, revelou nunca ter sentido a perna desta forma enquanto era atleta.

"É estranho. Nunca senti isso jogando futebol, joguei 20 anos. Pensei que tinha tomado um tiro, aí olhei para a perna e não vi sangue. Pensei: 'Então tomei uma pedrada, ou (atiraram) uma pilha', mas olhei para o chão e não vi pedra. Aí falaram: 'Você rompeu o tendão', mas coloquei o calcanhar no chão e percebi que não rompi", explicou.

Perguntado na coletiva se ele seria "dúvida" para a próxima partida da equipe, contra o Corinthians na estreia do campeonato Brasileiro neste domingo, Abel disse que vai sofrer por ter que cuidar da panturrilha - ele saiu da coletiva já com gelo na região.

"Acho que não (é dúvida). Agora, o Abel verdadeiro não vai poder estar, e isso vai me fazer mal. Não consigo ficar vendo o meu time jogando (estando) sentado. Vamos ver o que vai acontecer até domingo", contou.

MAIS SOBRE:

futebolFluminenseAbel BragaCopa Sul-americana
Comentários