Acusada de racismo, torcida portuguesa se defende: 'Será sempre bairrismo'

Cidade de Guimarães amanhece com faixa e mensagem contra acusações sobre caso Marega

Relacionadas

A cidade de Guimarães, no Norte de Portugal, ganhou na madrugada desta sexta-feira uma faixa em um dos seus pontos pricipais, o Largo do Toural. Torcedores estenderam no local uma faixa para se defender das acusações de racismo contra o jogador do Porto, Moussa Marega, no último domingo. A mensagem dizia: "Nunca foi racismo, será sempre bairrismo".

Foi a segunda faixa estendida no local pela torcida do Vitória do Guimarães. A anterior tinha como mensagem: "Um por todos, todos pelo Vitória". Também sobre o caso Marega, parte dos torcedores convocou para 1º de março um ato para protestar contra a acusação. A manifestação será realizada antes da partida contra o Tondela, pelo Campeonato Português.

No último domingo o atacante malinês Marega, do Porto, alegou ter sido vítima de insultos racistas na partida contra o Vitória de Guimarães. O caso gerou grande polêmica no mundo do futebol e fez as autoridades prometerem tomar providências contra o clube.

MAIS SOBRE:

futebolracismoCampeonato Português de FutebolVitória de Guimarães
Comentários