Acusado de bater em ex-namorada, francês do Bayern é multado em R$ 18 mil

Kingsley Coman admitiu violência violência contra a garota

Relacionadas

O meia-atacante francês Kingsley Coman, do Bayern de Munique, foi condenado nesta quinta-feira na França a pagar multa de 5 mil euros (R$ 18,6 mil) por um caso de violência doméstica, conforme publicou a imprensa local.

O jogador, de 21 anos, foi denunciado em junho por uma ex-namorada, que precisou se afastar do trabalho por oito dias, devido as lesões que apresentava.

Durante o processo, Coman reconheceu a agressão e se declarou culpado perante o juiz do caso, que também o obrigou a fazer pagamento simbólico de um euro à vítima, por danos e prejuízos, além do pagamento das custas do julgamento.

Revelado pelo Paris Saint Germain, o meia-atacante chegou ao Bayern de Munique em 2015, contratado junto à Juventus, clube que defendeu por uma temporada.

MAIS SOBRE:

FutebolBayern de MuniqueFrança [Europa]futebolViolência Doméstica
Comentários