Aeroporto com nome de Cristiano Ronaldo cria polêmica em Portugal

Terminal internacional da Ilha da Madeira ganhou nome do craque, o que foi criticado por diplomatas e até pelo governo português

Relacionadas

A polêmica está aberta em torno do Aeroporto Internacional Cristiano Ronaldo, na Ilha da Madeira, Portugal. A partir desta quarta-feira, o terminal ganha, oficialmente, o nome do craque português, do Real Madri e da seleção portuguesa, em homenagem ao jogador que nasceu na região, numa decisão do governo regional. A cerimônia de batismo, inclusive, deve contar com a presença do próprio jogador.

A decisão, no entanto, foi criticada abertamente pelo diplomata português Francisco Seixas da Costa, que já até representou o país na ONU, ocupando o cargo de secretário de estado de assuntos europeus.

No domingo, em seu Facebook, Costa expressou seu descontentamento com o assunto. Ele defendeu o nome de uma ex-autoridade da ilha para o aeroporto e terminou um longo texto escrevendo: "o oportunismo turístico tem limites, que são os do bom-senso, da justiça e, claro, do ridículo".

De acordo com informações de jornais do país, criou-se um mal-estar também junto do governo português, mas tratado com discrição. A Agência Nacional de Aviação chegou a ser consultada sobre a troca do nome do local.

Miguel Souza Tavares, comentarista da emissora portuguesa SIC, classificou a troca de nome de "completamente disparatada". ""Estátua, hotel, museu, aeroporto, só falta mudar nome da ilha para CR7", reclamou. "Alguém conhece algum aeroporto chamado Pelé no Brasil?"

O português Jornal de Notícias também publicou aqui uma enquete com alguns moradores da ilha, que estão divididos sobre o tema. Houve quem classificasse o assunto de "publicidade e promoção".

CR7, até agora, tem mantido discrição sobre o tema.

MAIS SOBRE:

futebolCristiano RonaldoFutebol
Comentários