Brasileiros desembarcam com colchão para ajudar coluna de Marcelo

Lateral saiu chorando do jogo contra a Sérvia por conta de dores lombares

O lateral-esquerdo Marcelo deixou o jogo entre Brasil e Sérvia chorando por conta de dores nas costas. O lance em que ele sentiu foi logo aos seis minutos e, apesar de ter tentado continuar, aos nove minutos precisou ser substituído, dando lugar a Filipe Luis. 

+ Filho de Neymar, Davi Lucca rouba a cena em treino da seleção brasileira​

+ Namorada de Neymar, Marquezine anuncia curso para 'ensinar' como cair​

+ Sem polêmica: Messi ganha mural ao lado de obra de CR7 na Rússia

O motivo? O colchão que o jogador tem dormido causou um espasmo em sua coluna, na região lombar. Na tentativa de ajudar, um grupo de torcedores brasileiros desembarcou na Rússia com um colchão com uma tecnologia norte-americana que promete melhorar o incômodo sentido pelo lateral. 

Produzido pela startup brasileira Zissou, especializada em sono, o colchão embalado a vácuo “bed in box” foi prensado com uma chapa de 60 toneladas para que facilitasse o transporte. A expectativa é que duas horas depois de aberto o produto volte ao seu tamanho normal.

O grupo "Segue o Hexa", formado por nove brasileiros que estão seguindo o Brasil na Rússia com um motorhome, promete entregar a solução para Marcelo junto com o próprio engenheiro da startup de colchões.

Sobre a lesão de seu companheiro de seleção, Casemiro brincou com a situação na entrevista coletiva dada nesta sexta-feira. “Estão discutindo se colchão é bom ou ruim... Na nossa infância, muitos jogadores dormiam no chão. Então não tem o que falar do colchão. Cada um coloca a culpa no que for. Eu dormi no chão e nunca tive problema. Cada um tem as suas explicações", afirmou. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolMarceloBrasil [América do Sul]Sérvia [Europa]NeymarFilipe LuisCasemiroSonotecnologiaseleção brasileira masculina de futebolColchão
Comentários