Alisson escolhe número pouco usual para goleiros por respeito a Karius

Titular da seleção brasileira deixa a camisa um para o colega alemão

Relacionadas

Recém-chegado ao Liverpool, Alisson foi contratado para ser o goleiro titular e resolver o problema na posição do time, que já dura algumas temporadas. Ainda assim, o brasileiro utilizará o número 13, e não o 1, no time inglês.

A razão é simples: apoiar Loris Karius, que foi goleiro titular da equipe na temporada passada, mas caiu em desgraça com os torcedores após falhar duas vezes na final da Liga dos Campeões e ser o principal responsável pela derrota para o Real Madrid. Dessa forma, o antigo dono da meta continuará com a camisa de número 1, tradicionalmente utilizada pelo titular e da qual não queria abrir mão.

A fase de Karius não é nada boa: após a final da Liga dos Campeões, ele foi diagnosticado com uma concussão, que teria acontecido após sofrer uma cotovelada de Sergio Ramos durante o jogo com o Real, e falhou em amistosos de pré-temporada do Liverpool. O goleiro teria atraído o interesse do Bayer Leverkusen para contratá-lo por empréstimo.

Alisson, por sua vez, tem a chance de se firmar de vez como um dos melhores goleiros do mundo no novo clube. O goleiro fez uma excelente temporada 2017-18 com a Roma, mas é questionado pela atuação que teve na Copa do Mundo com a seleção brasileira. Também será cobrado por ter se tornado o goleiro mais caro da história, graças ao valor pago pelo Liverpool por sua contratação, de 62 milhões de libras (R$ 334 milhões).

MAIS SOBRE:

futebolLiverpool Football ClubAlissonLoris Karius
Comentários