Amigo de Cristiano Ronaldo, lutador é condenado após agredir empresário

Badr Hari terá que cumprir seis meses de pena

Relacionadas

A amizade entre o astro Cristiano Ronaldo e o marroquino Badr Hari, não será a mesma nos próximos seis meses. Isso porque, o lutador de kickboxer foi condenado pelo Supremo Tribunal de Haia após agredir o empresário Koen Everink.

O caso aconteceu em 2012, quando Badr Hari estava em uma festa em Amsterdam, na Holanda. A punição para o lutador só ficou em seis meses após um acordo com a Justiça. Na primeira decisão, o 'best' de Cristiano Ronaldo, que sempre marca presença em festas com o português, foi condenado a ficar dois anos e meio atrás das grades.

Essa não é a primeira polêmica envolvendo o lutador marroquino. Em 2015, ele entrou em confusões do mesmo nível e passou oito meses na prisão. Agora, as fotos compartilhadas nas redes sociais com o jogador do Real Madrid terão que dar uma pausa. 

MAIS SOBRE:

FutebolBadr HariFutebolCristiano Ronaldo
Comentários