Anelka revela bastidores de passagem 'traumática' no Real Madrid

Clube merengue e seus adeptos depositaram uma expectativa enorme em sua contratação  

Relacionadas

O ex-jogador francês Anelka revelou que sua passagem pelo Real Madrid foi traumática. Isso porque o clube merengue e seus adeptos depositaram uma expectativa enorme em sua contratação e acabaram se frustrando. Ele demorou cinco meses para marcar seu primeiro gol.

"Havia tanta pressão. Eu estava na imprensa todos os dias. Não podia ter uma vida privada. Não podia fazer nada (...) Você tem 20 anos, não pode andar na rua. Tudo o que você faz é dito, tudo o que você compra está nos jornais no dia seguinte", disse o ex-jogador, no mais novo documentário da Netflix, “Anelka: O Incompreendido”.

Além do fator extracampo, a então promessa merengue sofria dentro dos vestiários. De acordo com o ex-jogador, seus companheiros de equipe criaram um ambiente hostil e a todo momento ele era intimidado.

"Depois da coletiva de imprensa, fui ao vestiário. Cheguei lá primeiro, sentei-me, mas os jogadores vinham até mim e diziam: 'Esse é o meu lugar'. Eu dizia: 'Oh, desculpe, posso me sentar aqui?' E outro jogador apareceu dizendo: 'Esse é o meu lugar'.  Aconteceu talvez 20 vezes. Eu apenas pensei: 'O que estou fazendo aqui? Isso será hostil.' O que experimentei naquele dia foi apenas o começo do pesadelo", revelou.

Atualmente, Anelka comanda as categorias de base do Lille, da França. Ele chegou a ser um dos jogadores que mais movimentou dinheiro em negociações e acumula passagens por grandes clube europeus, como Paris Saint-Germain, Arsenal, Real Madrid, Liverpool, Manchester City e Chelsea. 

MAIS SOBRE:

futebolAnelkaReal Madrid Club de Futbol
Comentários