Antigos rivais, Filipe Luis revela motivo de nunca trocar camisas com Messi

Lateral admite talento do argentino, mas dentro de campo prevalece a competitividade

Relacionadas

O lateral Filipe Luis, do Flamengo, revelou o motivo de nunca ter trocado camisas com Lionel Messi após diversos confrontos que teve contra o argentino, no Campeonato Espanhol. De acordo com brasileiro, a vontade de vencer esteve à frente da admiração que possui pelo craque do Barcelona.

"Eu sempre bati nele para detê-lo, ele nunca me culpou por nada. Eu o admiro muito pelo futebol. Nunca lhe pedi a camisa porque entrei em campo para vencer, sem dizer que joguei contra ele", explicou o brasileiro à revista espanhola Panenka.

Ao todo, Filipe Luis já enfrentou Messi 26 vezes na competição nacional da Espanha, cinco defendendo a camisa do Deportivo La Coruña e 21 com o Atlético de Madrid. Apesar do gesto, o lateral não tem dúvidas que Messi é o melhor jogador do mundo.

"Todo mundo sabe o que penso dele, a única coisa a fazer é aproveitar, porque não sei quantos anos ou quantas décadas serão necessárias até que outro jogador como ele apareça", comentou. "Ele sempre deveria ganhar a Bola de Ouro."

Nos 26 confrontos contra o Barça, Filipe Luis foi expulso em apenas duas ocasiões. Uma delas, justamente após uma entrada violenta com a sola da chuteira no joelho do argentino, em 2016. A rivalidade entre ambos também se eleva por conta das disputas entre as seleções de Brasil e Argentina, considerado o maior clássico das Américas.

Filipe Luis foi contratado pelo Flamengo em 2019, sendo peça fundamental da equipe carioca para as conquistas do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores, sob os comandos do treinador português Jorge Jesus. 

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Espanhol de FutebolBarcelona [Futbol Club Barcelona]Atlético de MadridMessiFilipe Luisseleção brasileira masculina de futebolseleção argentina masculina de futebol
Comentários