Aos 76 anos, Arnaldo Cezar Coelho revela luta contra câncer

Ex-árbitro de futebol descobriu um tumor maligno na próstata

Relacionadas

Arnaldo Cezar Coelho fez uma revelação durante o programa Grande Círculo, do SporTV, neste sábado. O ex-árbitro de futebol e ex-comentarista, hoje com 76 anos, detalhou como lutou contra um câncer de próstata.

"Eu quero confessar o seguinte: Com essa minha parada, eu pude tratar um pouco da família e um pouco da saúde. (...) Nesses exames todos, apareceu problema grave comigo. Eu tive que operar esse problema grave e, graças a Deus, está tudo bem comigo", disse Arnaldo.

Na sequência, o primeiro árbitro brasileiro a apitar uma final de Copa do Mundo explicou como descobriu o tumor. "Em novembro (de 2018), eu fiz a ressonância e o médico falou que eu tinha uma lesão na próstata. Ele disse que eu poderia viajar, que era um negócio pequeno, e, quando eu voltasse, faria a biópsia. Eu voltei em janeiro, fiz a biópsia e era um tumor maligno. Na segunda-feira depois do Carnaval eu fiz a cirurgia. Zero bala!", completou Arnaldo.

O ex-árbitro também comentou que durante o seu período sabático dedicou mais tempo aos familiares e até acompanhou a final da Liga dos Campeões no estádio. "Eu tinha que viver com a família, porque foram 50 anos sem final de semana. Eu nunca assisti um jogo no estádio. Eu fui ver a final da Liga dos Campeões, quando entrei no estádio, fiquei perplexo. De repente, teve pênalti, eu não tinha visto e fui procurar o replay. Você está tão viciado em ver jogo pela televisão ou da cabine, que você, no estádio, não está acostumado. Perdi o pênalti", conta.

 

MAIS SOBRE:

futebolArnaldo Cezar Coelhocâncercâncer de próstata
Comentários