Após disputar a primeira divisão do Acre, jogadores são presos por crimes

Em carro onde estavam jogadores que atuaram pelo Vasco-AC, foram encontrados celulares, documentos de outras pessoas, drogas e uma arma. Atacante e laterais não atuam pela equipe acreana neste ano

Relacionadas

Três jogadores que atuaram na primeira divisão do Acre no ano passado pelo Vasco-AC, de Rio Branco, foram presos pela Polícia Militar do Estado, suspeitos de formação de quadrilha e uma série de outros delitos, como desacato, posse de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

O atacante Wellington Robson, o Peteca, além dos laterais Antônio Carlos, o Mandim, e Leonardo de Souza, teriam fugido da polícia após resistência à abordagem em frente de uma casa noturna no centro de Rio Branco.

Eles acabaram detidos a alguns quilômetros dali, no centro da cidade. No carro onde estavam, segundo a Polícia Militar, foram encontradas duas barras de maconha, celulares, documentos e uma arma. O trio foi conduzido a uma delegacia e passaria por audiência de custódia, segundo o portal globoesporte.com.br.

Segundo a Federação de Futebol do Acre (FFAC), nenhum dos três envolvidos está, atualmente, registrado em clubes do estado que disputam a primeira divisão do Campeonato Acreano neste ano.

MAIS SOBRE:

futebolAcreRio Branco
Comentários