Após fazer gol, Marta destaca símbolo da igualdade de gênero na chuteira

Camisa 10 abriu o placar de pênalti e Cristiane aumentou, mas Brasil sofreu virada da Austrália

Relacionadas

Marta entrou em campo hoje, no jogo da seleção brasileira contra a Austrália pela Copa do Mundo de Futebol Feminino, com uma chuteira especial: o calçado tinha duas faixas meio azuis, meio rosas, um símbolo da luta pela igualde de gênero entre homens e mulheres. Ao abrir o placar, a camisa dez da seleção fez questão de destacar o símbolo.

A chuteira não tinha marca de nenhuma fornecedora de material esportivo e sim o símbolo é da campanha 'Go Equal'. Vale lembrar que Marta é embaixadora global da ONU (Organizações das Nações Unidas) Mulheres.

Marta abriu o placar de pênalti, aos 27 minutos. Com o tento, ela chegou a 16 gols em Copas do Mundo e igualou Miroslav Klose como maior artilheiro da história dos Mundiais da Fifa.

O jogo, no entanto, teve um gosto amargo para o Brasil. Depois do gol de Marta, Cristiane aumentou de cabeça, aos 38 do primeiro tempo. Ainda antes do intervalo, Ford diminuiu para a Austrália. No segundo tempo, Logarzo e Mônica, contra, viraram a partida.

Agora, o Brasil espera o resultado do jogo entre Jamaica e Itália para saber de que resultado precisará para se classificar na última rodada. O jogo final da chave é contra as italianas, na próxima terça, 18/06, às 16h.

MAIS SOBRE:

futebol femininoMartaseleção brasileira feminina de futebolCopa do Mundo 2019 França [futebol feminino]
Comentários