Após polêmica com aposta, goleiro que comeu torta no banco se demite

Wayne Shaw preferiu deixar o Sutton United devido à repercussão de uma aposta cumprida em partida contra o Arsenal

Relacionadas

O carismático goleiro reserva do Sutton United, Wayne Shaw, de 45 anos e 120 kg, se demitiu nesta terça-feira após as acusações de envolvimento com uma aposta no jogo do dia anterior, contra o Arsenal, pelas oitavas de final da Copa da Inglaterra. O clube anunciou a decisão do jogador em nota no site oficial. 

"Wayne Shaw renunciou ao seu cargo no Sutton United depois dos eventos da última noite e publicidade subsequentes. Ele disse que 'entende completamente a posição do clube sobre o assunto'. Nós estamos naturalmente decepcionados que a relação de Wayne conosco termine dessa maneira, e gostaríamos de agradecê-lo por sua contribuição ao clube e desejá-lo o melhor no futuro", escreveu o clube. 

No segundo tempo da derrota por 2 a 0 para o Arsenal, o goleiro foi flagrado pela transmissão da partida comendo uma torta no banco de reservas do Sutton. Entretanto, às vésperas do jogo, uma aposta foi feita e pagaria R$ 8 para cada R$ 1 investido caso a cena realmente acontecesse. O maior problema é que Wayne sabia do desafio. 

A regulamento da Associação de Futebol inglesa (FA) proíbe que qualquer indivíduo invista em uma aposta de uma partida em que está relacionado. Sendo assim, ele provavelmente será alvo de investigação pela entidade reguladora da modalidade no país. 

MAIS SOBRE:

futebolsutton unitedwayne shawArsenal
Comentários