Após risco de prisão, Roberto Carlos acerta pagamento de pensão

Ex-jogador da seleção brasileira acertou pendências com mãe de dois dos seus filhos e diz que espera regularização

Relacionadas

O pentacampeão mundial Roberto Carlos, de 43 anos, acertou o valor que estava em atraso no pagamento da pensão alimentícia dos dois filhos e, com isso, afastou o risco de ser preso pelo não pagamento.

De acordo com a assessoria de Roberto Carlos, um erro burocrático impediu a regularização do pagamento junto da sua ex-mulher, e o ex-jogador da seleção está em dia com o cumprimento de suas obrigações judiciais.

Quem entrou com o processo contra o jogador foi Barbara Thurler, mãe de dois dos nove filhos do ex-lateral. Alegando dificuldades financeiras, Roberto Carlos tentou negociar a dívida de R$ 61 mil, solicitando o parcelamento de parte da quantia, o que não foi aceito pela ex-mulher.

Confira a nota enviada pela assessoria do jogador:

Em virtude da notícia veiculada pela imprensa nesta quarta-feira (23), na qual informa que o ex-jogador e atual embaixador do Real Madrid, Roberto Carlos, teve a prisão decretada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a Futpress Comunicação, assessoria de imprensa do ex-atleta, informa que o Roberto efetuou o pagamento da pensão alimentícia referente a junho no último dia 3 de agosto

No entanto, devido a um procedimento burocrático, o juiz responsável pelo caso ainda não manifestou-se a respeito. Fernando Henrique Pittner, advogado de Roberto Carlos, afirma que, após a manifestação descrita acima, o processo será regularizado.

MAIS SOBRE:

futebolfutebol
Comentários