Após três jogos, ex-técnico do São Paulo é demitido de seleção que vai à Copa

Edgardo Bauza, ex-técnico da seleção argentina e do clube brasileiro, ficou no comando da equipe por apenas três amistosos

O ex-técnico do São Paulo e ex-treinador da seleção argentina Edgardo Bauza foi demitido de novo e não vai disputar a Copa do Mundo da Rússia, em 2018. Desta vez, ele foi dispensado da seleção da Arábia Saudita, que está com vaga assegurada no Mundial, depois de comandar a equipe por apenas três amistosos.

Twitter do Paraná Clube fica 'louco' com acesso do time à Série A; veja

Ex-atacante do Real diz que pensou em se matar: 'família só queria meu dinheiro'

Paulinho marca na vitória do Barça e torcida vai às redes pedir perdão pelas críticas

A notícia da demissão, ocorrida na semana passada, foi divulgada pelo jornal argentino La Nacion. Bauza assumiu o time em setembro, mas o que gerou a demissão foi a derrota para a seleção da Bulgária, na última segunda-feira.

Ahmed Eid Al Harb, príncipe saudida que preside a Federação Saudita de Futebol, fez críticas à equipe em seu Twitter pessoal, o que gerou um grande mal estar com o técnico.

O time de Bauza tinha sido derrotado por Portugal por 3 a 0, em outro amistoso. O agora ex-técnico do time saudita só obteve uma vitória, no último dia 7 - 2 a 0 sobre a Letônia.

MAIS SOBRE:

futebolCopa do Mundo Rússia 2018 [futebol]futebolEdgardo Bauza
Comentários