Artistas pintam mural em São Paulo para Copa do Mundo Feminina

Pinturas ficam onde antes Gabriel Jesus estava retratado - grafiteiro que realizou a obra deu permissão

Relacionadas

A Copa do Mundo Feminina começa nesta sexta e, agora além do espaço alcançado na televisão, as jogadoras da seleção brasileira estarão presentes também em um mural, pintado na Vila Brasilândia, zona norte de São Paulo. Quatro artistas fizeram a obra: Sarah Lorenk, Clara Leff, Afolego e Digão O Comprimido.

A arte está em uma parede onde antes havia uma pintura de Gabriel Jesus, também feita por Comprimido. Ele permitiu que ela fosse repintada e quis participar, retratando desta vez a jogadora Formiga, que irá disputar sua sétima Copa do Mundo.

Por sua vez, as três artistas mulheres procuraram representar a força, a irmandade e a torcida das mulheres que jogam e apreciam futebol. Confira como ficaram as artes.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

6 estrelas representando a melhor jogadora de futebol do mundo por 6 vezes. Única pessoa do futebol a ter esse número de troféus. Mulheres unidas, artistas, torcedoras e atletas com um objetivo em comum. Vencer. Vencer preconceitos. Vencer a socialização, Os limites impostos pelo gênero dentro da lógica patriarcal. Vencer um jogo. Uma competição. Vencer na vida. Em grupo. Fortalecer a companheira, o conjunto, a classe. Ser reconhecida de muitas outras formas, além da formosura. Ser tratada com respeito. Ter autonomia e segurança sobre o próprio destino. Poder escolher, ter escolhas. Lutaremos reinvidicaremos e faremos oq for possível pra que isso aconteça. Avante @selecaofemininadefutebol Avante Mulheres Obrigada @claraleff @sarah.lorenk pela parceria e amizade @dionisioarte @mullenlowebrasil e @digaocomprimido pelo apoio e incentivo #elasrepresentam #feminista #feministart #artivista #arturbana #urbanart #graffiti #grlpwr #afolego #irmandade #vilabrasilandia #sp

A post shared by AFolego (@afolego) on

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Toda Copa do Mundo é a mesma coisa. Quando tá chegando perto, as ruas e muros vão tomando forma e cor, tudo se transforma em verde, amarelo e azul, criando o clima com que estamos acostumados: o de torcida pela seleção brasileira. Só que isso sempre foi uma prática comum nos anos de Copa deles. Então por que não fazer o mesmo para elas? Foi com um pincel na mão e essa ideia na cabeça que algumas grafiteiras repintaram muros da Brasilândia em São Paulo em homenagem à seleção feminina de futebol. Clara Leff, Afolego e Sarah Lorenk foram as responsáveis por essa transformação na parede que antes era do Gabriel Jesus, e agora ficou de todas elas, as mulheres que nos representam com a bola nos pés. O autor do grafite do camisa 9, @digaocomprimido , autorizou a transformação e quis, ele próprio, também fortalecer essa ideia pintando a lendária Formiga em um dos muros. Afinal, #elasrepresentam e merecem demais esse reconhecimento! Bora fazer um mutirão para pintar Martas, Formigas e Cristianes por aí? FALTAM 9️⃣ DIAS! (Fotos: Adriana De Lucio) #grafite #elasrepresentam #grafitesp #grafiteiras #grafitti #muros #selecaofeminina #futebolfeminino #artesp #brasilandia #copadomundofeminina #copadomundo #seleçãobrasileira #jogadoras #mulherespoderosas

A post shared by Mulher, Esporte e Futebol (@dibradoras) on

A Copa do Mundo Feminina será transmitida inteiramente pelo SporTV, enquanto os jogos da seleção brasileira serão transmitidos também na TV Aberta, pelas redes Globo e Bandeirantes. Quem for de São Paulo tem a opção de ir até o Sesc Pompeia, onde poderá ver todas as partidas do torneio.

O torneio será disputado entre os dias 7 de junho e 7 de julho, na França. A seleção brasileira estreia contra a Jamaica, no dia 9 de junho, às 10h30 (horário de Brasília). Na sequência, enfrenta a Austrália, no dia 13, às 13h, e fecha a fase de grupos contra a Itália, às 16h do dia 18 de junho.

MAIS SOBRE:

futebol femininoCopa do Mundo 2019 França [futebol feminino]grafite
Comentários