Astro do City é acusado de racismo por comparar atleta com marca de chocolates

Bernardo Silva divulgou uma imagem de Benjamin Mendy ainda criança ao lado do logo da Conguitos

Relacionadas

Bernardo Silva, do Manchester City, foi acusado de racismo após comparar Benjamin Mendy, seu companheiro de equipe, com a marca espanhola de chocolates Conguitos. A "brincadeira" foi feita por meio da rede social Twitter.

Em sua conta oficial, Bernardo publicou uma foto de Mendy ainda criança ao lado do logo da Conguitos e brincou: "Adivinha quem é?". Nos comentários do post, seu companheiro respondeu com reações de risos.

A suposta brincadeira feita por Bernado acabou irritando os internautas, que responderam criticando a ação. Logo após a repercussão, o jogador apagou o post e reclamou. "Não pode mais nem fazer piada com um amigo hoje... Vocês...", escreveu.

O caso ainda chegou na federação inglesa de futebol por meio de uma denúncia feita pela Kick It Out, organização que luta pela igualdade no futebol. "A FA (federação inglesa) já foi notificada e acreditamos que uma ação deveria ser tomada, incluindo uma educação obrigatória, que é vital para confrontar um comportamento ofensivo como esse", escreveu.

"Estamos extremamente desapontados em ver o tweet postado por Bernardo Silva, que já foi deletado. Estereótipos racistas nunca são aceitáveis como brincadeira, e estamos chocados que alguém que é um exemplo para milhões não conseguiu entender a natureza discriminatória de seu post", completou a Kick It Out.

 

MAIS SOBRE:

futebolManchester City Football ClubBernardo SilvaBenjamin Mendyracismo
Comentários