Atacante da Croácia não jogará a final por ter se negado entrar em campo

Nikola Kalinic foi cortado em decorrência de um ato de indisciplina na primeira partida da fase de grupos

A Croácia fez história ao vencer a Inglaterra e se classificar para a primeira final da história do país em uma Copa do Mundo. Motivo de comemoração para os torcedores, comissão técnica e quase todos os jogadores convocados pelo técnico Zlatko Dalic, com uma exceção: Nikola Kalinic.

+ Luís Roberto chama jogador inglês de 'stripper' e internet não perdoa

+ Brasileiros se vingam de ator de 'Harry Potter' após queda da Inglaterra

+ Comemoração insana: um fotógrafo foi esmagado pelos jogadores da Croácia

O atacante croata não estará na final do mundial na Rússia, que será disputado com a França no próximo domingo às 12h. Isso por que o jogador foi cortado em decorrência de um ato de indisciplina na primeira partida da fase de grupos, na vitória por 2 a 0 em cima da Nigéria.

Aos 40 minutos do segundo tempo o treinador croata chamou Kalinic para entrar no jogo. Irritado, o jogador se recusou a ir a campo e permaneceu sentado no banco. O ato foi mal visto por todos da direção, que decidiram pelo corte.

O jogador do Milan nem está mais concentrado com a seleção finalista do mundial. Depois do ocorrido, o atacante voltou para sua casa onde mora em Milão. Como justificativa por ter se recusado a jogar, ele alegou que estava sentindo dores nas costas, mas não convenceu a comissão técnica. 

Na coletiva daquela partida, Dalic revelou que a partida havia terminado "com um problema", mesmo tendo vencido a partida e nenhum jogador ter deixado o campo lesionado. Desde então, Rebic e Mandzukic assumiram o ataque croata e levaram o país até a decisão da Copa do Mundo. 

MAIS SOBRE:

Futebol Croácia [Europa] Zlatko Dalic Kalinic Inglaterra [Europa] Copa do Mundo Rússia 2018 [futebol] França [Europa] Nigéria [África] Milan
Comentários