Atacante do Barcelona faz festa, gasta R$ 75 mil e se nega a pagar conta

Munir El-Haddadi mudou de ideia após a chegada dos policiais na boate

Relacionadas

Munir El-Haddadi, atacante do Barcelona, comemorou seu aniversário em grande estilo. Ao menos até antes de a festança virar um caso de polícia. O jogador comemorava seus 23 anos em uma boate, mas, quando chegou a conta, ele não gostou nem um pouco do que viu: teria de pagar 16 mil euros, cerca de R$ 75 mil. 

De acordo com o jornal espanhol El Mundo, o atleta se revoltou após ver o valor que tinha saído a comemoração. Munir chamou a gerência da boate, explicou o caso, afirmou que não tinha gastado tanto e que estava planejando pagar metade da quantia proposta. 

No entanto, os donos da Tiffanys negaram a diferença de valor e explicaram que a comemoração durou cerca de sete horas e, além de terem consumido mais comidas e bebidas do que estava incluso no serviço, o valor também incluía o aluguel do espaço e os inúmeros narguiles pedidos pelos amigos e familiares do jogador.

O espanhol de ascendência marroquina decidiu pagar a conta depois que a polícia chegou ao local. Na presença das autoridades, Munir aceitou um desconto de aproximadamente mil euros (R$ 4.800) e colocou um fim ao desentendimento.

Segundo a publicação, fontes oficiais afirmaram que ele pagou a quantia com relutância e só depois que o avisaram que poderia ser denunciado por fraude e até mesmo acabar preso, o que não seria bom para um jogador de um clube como o Barcelona. 

 

MAIS SOBRE:

Futebol Barcelona [Futbol Club Barcelona] Campeonato Espanhol de Futebol futebol Boate
Comentários