Jogadores do Arsenal desmaiam após inalar 'hippy crack' durante festa

Atletas foram registrados pela câmera de segurança de uma boate antes do início da temporada

Nesta sexta-feira, o periódico britânico The Sun divulgou um vídeo bastante polêmico envolvendo os jogadores do Arsenal. Gravado em agosto, poucos dias antes do início da temporada, atletas como Özil, Lacazette, Aubameyang e Sead Kolasinac aparecem em uma boate consumindo 'hippy crack', uma espécie de gás do riso.

De acordo com a publicação, o jovem Matteo Guendouzi, Skodran Mustafi e Henrikh Mkhitaryan também estavam presentes na festa regada a vodka e champagne. Os dois últimos não foram registrados inalando o gás. A matéria revela que cada uma das garrafas de espumante consumidas custam 2 mil euros (R$ 9 mil). A conta do local chamado Tape Club teria dado cerca de 30 mil euros (R$ 134 mil). 

A substância em questão é óxido nitroso, uma droga que há uns anos entrou na moda no Reino Unido, onde não é ilegal e pode ser vendida para maiores de 18 anos. Nas imagens, após consumir o gás distribuído em bexigas, Mattéo Guendouzi, francês de 19 anos, chega a perder a consciência durante alguns momentos.

O 'hippy crack' tem um efeito de curta duração, mas os riscos são elevados se consumidos por tempo prolongado. A substância que tem como um dos efeitos a questão anestésica pode causar diversos sintomas como perda de coordenação, perda de consciência, ataque cardíaco e até mesmo a morte por falta de oxigenação do cérebro.

"Estavam desorientados com o gás, alguns pareciam mesmo que tinham desmaiado. O Özil foi um deles. Inspirou fortemente um dos balões e parece que perdeu a consciência no sofá. O jogador mais novo, com o cabelo encaracolado, foi instigado a fazer o mesmo e o efeito foi ainda pior", contou uma testemunha ao jornal inglês.

 

MAIS SOBRE:

FutebolMesut ÖzilAubameyangArsenal Football Club [Inglaterra]futebol
Comentários