Autor do único gol olímpico das copas, Marcos Coll morre aos 81 anos

Ex-jogador marcou contra outra lenda do futebol, o goleiro soviético Lev Yashin, na copa de 1962

Relacionadas

O ex-jogador colombiano Marcos Coll morreu em Barranquilla, aos 81 anos, nesta terça-feira. Defendendo as cores de seu país na Copa do Mundo de 1962, no Chile, ele ficou famoso por ser, até hoje, o autor do único gol olímpico da história das copas, marcado contra outra lenda do futebol, o goleiro soviético Lev Yashin, o Aranha Negra.

"Houve uma enorme repercussão porque marquei um gol contra o homem que era o melhor goleiro do mundo no momento", disse Coll em entrevista à Fifa, no início de 2014. "Todos ficaram entusiasmados porque foi um gol olímpico direto". Foi numa cobrança de escanteio que a bola fez uma curva incrível e acabou enganando os adversários.

O gol acabou dando um incentivo aos colombianos que perdiam por 4 a 1 e acabaram arrancando um incrível empate por 4 a 4 na partida. Por causa do gol, o jogador ganhou o apelido de El Olmpico.

Comandado por Garrincha, e com Pelé contundido, o Brasil se sagraria bicampeão mundial naquela copa.

Relembre o gol de Coll contra a União Soviética, o único olímpico da história das copas, durante o Mundial do Chile-1962:

 

MAIS SOBRE:

futebolFutebol
Comentários