Bahia fecha parceria com a ONU e usará camisa contra violência às mulheres

Partida dia 7, pela Copa do Nordeste, marcará o lançamento da campanha #ZeroViolência

Relacionadas

O Bahia aproveita a Semana da Mulher para firmar uma parceria com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). No dia 7, contra o Confiança, em confronto pela Copa do Nordeste, o clube entrará em campo lançando a campanha #ZeroViolência e terá em sua camisa a logomarca do órgão, pertencente à ONU.

A holandesa Astrid Bant, representante da UNFPA no Brasil, estará na Fonte Nova para assinar o compromisso com a equipe baiana ao lado do presidente do clube, Guilherme Bellintani.

Em nota, o Bahia disse que foi procurado em função das iniciativas que tem realizado fora dos gramados há três anos. “O ECB desenvolve ações de promoção dos direitos humanos e considera que o esporte, por meio do futebol, pode ser um espaço catalisador de assuntos de relevância social em todo o país.”

Clube e entidade vão aproveitar o Dia Internacional da Mulher, comemorado no domingo 8, para anunciar e iniciar uma série de medidas conjuntas. O Esquadrão de Aço, como é conhecido o time do Bahia, também vai aderir e a divulgar a campanha “Red Card”, co-organizada por agências da ONU e da FIFA, durante o ano de 2020. Pautas como racismo, homofobia e outras formas de preconceito podem ser abordados pela parceria ao longo da temporada.

MAIS SOBRE:

futebolONU [Organização das Nações Unidas]Dia Internacional da Mulher
Comentários