Bale pode ser emprestado pelo Real Madrid por falta de interessados em comprá-lo

Principais candidatos a levar o atacante galês, clubes ingleses não teriam demonstrado interesse até o momento

Relacionadas

O Real Madrid não conta com Gareth Bale para a próxima temporada, mas pode ter dificuldades de realocá-lo em outras equipes. Por falta de interessados em pagar para levar o atacante galês, o clube espanhol pensa em emprestá-lo, segundo o jornal madrilenho Marca.

O negócio seria nos moldes do que foi feito com James Rodríguez em relação ao Bayern. O clube alemão contratou o colombiano por empréstimo e paga 6,5 milhões de euros por cada temporada no time bávaro (R$ 28 milhões, na cotação atual). Caso queira contar com o meia em definitivo, o Bayern terá que pagar 42 milhões (R$ 186 milhões)

A vontade do Real em negociar Bale também se dá pelo alto custo do atacante galês. O salário de Bale é de 6 milhões de euros (R$ 26,5 milhões) por ano, o maior do elenco, e o contrato do jogador ainda tem uma grande duração: vai até 2022. Nesta temporada, Bale marcou 11 gols em 37 partidas.

Entretanto, apesar de ser um jogador de nome, dificilmente o Real encontrará um negócio satisfatório. Bale foi contratado por 100 milhões de euros (R$ 443 milhões, na cotação atual) em 2013 e, para vendê-lo, o time merengue teria que aceitar levar algum prejuízo. 

Por ter tido uma excelente passagem no Tottenham, o Marca aponta que seria natural o galês ter mercado entre os times ingleses. Entretanto, dentre os que poderiam contratá-lo, o Arsenal não teria dinheiro, o Liverpool estaria satisfeito com seu trio de ataque, o Chelsea está impedido de contratar pela Fifa, o próprio Tottenham não costuma gastar muito em transferências e o Manchester City não demonstra interesse. Resta o Manchester United, que ainda não procurou o Real para abrir negociações pelo galês.

MAIS SOBRE:

futebolGareth BaleReal Madrid Club de Futbol
Comentários