Bandeira de torcida tapa visão e impede uso de árbitro de vídeo em Portugal

Uso da tecnologia foi impossibilitado, e juiz teve que validar o gol do Aves, mesmo em dúvida

Um lance pra lá de inusitado chamou a atenção em uma partida da Liga Portuguesa, entre Aves e Boavista, nesta terça-feira.

Aos 27 minutos do segundo tempo, o atacante do Aves Vitor Gomes acertou um chute de primeira de uma bola vinda de uma cobrança de falta. O juiz, Fabio Veríssimo, validou o gol, mas foi alertado pelos jogadores do Boavista de que o jogador estaria numa posição de impedimento.

Zagueiro recebe multa do próprio clube por agarrar partes íntimas de adversário; vídeo

Corinthians publica vídeo de torcida na chuva e provoca palmeirenses; veja

Vídeo: Gabriel Jesus recebe bronca da mãe por 'sumir o dia inteiro'

Foi quando o árbitro solicitou, por meio do microfone, a imagem do VAR (árbitro de vídeo). E aí a surpresa: a câmera que gravava as imagens do gol estava tapada por uma bandeira - por ironia, da torcida do Boavista, para quem valeria o gol.

Diante da dúvida, o juiz decidiu manter a posição inicial e validar o gol do Aves, que venceu por 3 a 0.

Assista ao lance:

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Português de Futebolfutebol
Comentários