Banho permitido: futebol chileno muda regras e libera uso de vestiário

Por causa de protocolo de cuidados com a pandemia, atletas só podiam tomar ducha em casa ou em hotéis

Relacionadas

O futebol chileno divulgou nesta semana algumas novidades nas regras de cuidado com a pandemia do novo coronavírus e uma em especial vai agradar os atletas. A partir de agora os atletas estão liberados a usarem o vestiário para tomar banho ao fim das partidas. Até então, após os jogos a recomendação é de que só se utilizasse o chuveiro em casa ou nos hotéis.

Em uma carta enviada aos clubes, o gerente de ligas profissionais do país, Rodrigo Robles, explicou as mudanças. "É permitida a utilização de duchas após os jogos, procurando manter em todos os momentos rigorosas medidas de segurança sanitária de forma a evitar aglomerações e contactos próximos através do respetivo distanciamento físico. A circulação de ar dentro dos vestiários é fundamental", escreveu o dirigente no comunicado.

A partir de agora também está permitido que os elencos cheguem na noite anterior ao local das partidas disputadas como visitantes. A recomendação anterior sugeria que em caso de partidas em destinos até a 200 km de distância, as delegações deveriam fazer o percurso no mesmo dia, para evitar a hospedagem em hotéis.

MAIS SOBRE:

futebolChile [América do Sul]coronavírus
Comentários