'Barça vendeu Ronaldinho e Deco para não estragarem Messi', revela Hleb

Segundo meiocampista, brasileiros chegavam ao treino do clube em estado de embriaguez

Relacionadas

Ex-jogador do Barcelona, Aliaksandr Hleb fez uma revelação sobre os bastidores do clube na época em que estava lá, entre 2008 e 2012. Segundo ele, Deco e Ronaldinho Gaúcho eram maus exemplos de profissionais, o que preocupou a diretoria do clube sobre o que os jogadores mais jovens viam.

"Ronaldinho e Deco chegaram a treinar bêbados. Sabem por que o Barcelona os vendeu em 2008? Porque tinham medo que estragassem Messi", revelou Hleb em entrevista ao site Bielorruski Football, do seu país natal.

Ronaldinho Gaúcho e Deco foram importantes para o Barcelona no ciclo em que o clube foi campeão da Liga dos Campeões 2005-06, mas perderam espaço com a chegada de Guardiola ao comando técnico do clube em 2008 e foram negociados. O treinador catalão renovou a equipe, apostando principalmente em Xavi, Iniesta e, claro, Messi.

Tanto que o próprio Hleb nem chegou a treinar com Deco e Ronaldinho. Quando ele chegou à Catalunha, Deco já havia sido negociado com o Chelsea e Ronaldinho Gaúcho com o Milan. Hleb ficou por quatro temporadas no Barcelona, período em que a equipe venceu das Ligas dos Campeões, e hoje, aos 38 anos, está no BATE Borisov.

MAIS SOBRE:

futebolRonaldinho GaúchoMessiDecoBarcelona [Futbol Club Barcelona]
Comentários