Barcelona pode punir Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo por apoio a Bolsonaro

Jornal Sport informa que clube catalão deve afastar aos poucos os dois craques de eventos do time por não concordar com as ideias do candidato a presidente no Brasil

Relacionadas

Ao menos dessa vez, a notícia sobre o Ronaldinho Gaúcho não é sobre um de seus rolês aleatórios. O assunto é mais sério: de acordo com o jornal Sport, da Catalunha, o Barcelona pode punir o brasileiro por demonstrar apoio ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro.

Nesta quarta-feira, o clube catalão se pronunciou de forma oficial sobre o posicionamento do ex-atleta do clube. O brasileiro se posicionou a favor do candidato do PSL em suas redes sociais, como tem feito alguns outros jogadores, como Felipe Melo, do Palmeiras, por exemplo.

Como embaixador do clube espanhol, a publicação conta que a cúpula de dirigentes não ficou nada contente com o fato, uma vez que os valores defendidos pela entidade são opostos ao do político brasileiro.

"A homofobia, a misoginia e o racismo que Jair Bolsonaro proclamou ao longo dos seus mais de 30 anos de carreira política e que exaltou durante a campanha eleitoral são inaceitáveis do ponto de vista do Barça, uma vez que o clube é um dos times que mais se posicionaram internacionalmente do lado oposto", escreveu.

Por causa disso, a ideia do clube espanhol é ir desvencilhando o craque da marca do time aos poucos. Assim, as presenças de Ronaldinho devem diminuir em eventos oficiais do Barcelona, de acordo com a publicação, e partidas amistosas como a do time de Lendas, nas quais o jogador tinha presença garantida.

O Sport ressalta ainda que toda pessoa tem o direito de escolher seu candidato, mas o clube também deve optar pelo embaixador que melhor o representa. Por isso, Rivaldo é outro atleta que deve ser afetado por também demonstrar apoio a Jair Bolsonaro. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

“ Os verdadeiros problemas do Brasil: crise econômica, desemprego, violência, saúde, educação e corrupção. O que discutem nessa eleição: ideologia de gênero, machismo, racismo e feminismo. Entenda uma coisa: O SEU VOTO VAI ESCOLHER UM PRESIDENTE E NÃO UM PAI. Precisamos que ele resolva os problemas do nosso país e não que nos ensine valores, isso temos que aprender em casa e na escola. Se tivéssemos que aprender valores com o presidente, hoje estaríamos presos em Curitiba. “ Não eduque seus filhos para respeitar homossexuais, negros, brancos, índios. Eduque seus filhos para respeitar O SER HUMANO. Assim você não precisará dar explicações sobre as características ou escolhas de cada um.”” Faço minhas as palavras desse autor. #soubolsonaro #sou17

Uma publicação compartilhada por Rivaldo Ferreira (@rivaldooficial) em

 

MAIS SOBRE:

FutebolRonaldinho GaúchoBarcelona [Futbol Club Barcelona]Jair BolsonaroRivaldoeleições 2018 presidenteeleições 2018
Comentários