Bola da final da Copa do Nordeste teve inspiração em pedra preciosa

Asa Branca será utilizada nas duas partidas entre Sport e Bahia

Relacionadas

Está chegando a hora da grande final entre Sport e Bahia na Copa do Nordeste. Tanto é que a bola Asa Branca, que será utilizada nos jogos finais, disputados nos dias 17 e 24 de maio, já foi divulgada. Produzida exclusivamente para o torneio pela Topper, a bola teve como inspiração a pedra preciosa turmalina, descoberta em solo paraibano. Além do mineral, a Asa Branca traz inspirações nos traços das pinturas nordestinas, assim como tem impresso o seu nome, o brasão da Copa do Nordeste e a hashtag #onordestemerece. Para os jogos finais, a bola tem detalhes em dourado, que remetem ao ouro dos campeões, além de impressão com a indicação "Final 2017".

Este é o primeiro ano de parceria entre a Topper e a Copa do Nordeste para desenvolvimento da bola oficial e dos uniformes dos árbitros do campeonato regional mais assistido no primeiro semestre no Brasil. A bola Asa Branca foi produzida com seis gomos utilizando a tecnologia fusionada. O seu principal diferencial é a aplicação de um composto de borracha siliconada de alta resiliência que proporciona ao jogador mais maciez e conforto. A tecnologia garante ao produto total uniformidade em sua circunferência para maior precisão na hora do chute. Outro diferencial da bola fusionada da Topper é a impermeabilidade, que não permite a variação de peso devido e a não absorção de água.

O laminado tem textura similar à bola de golf, gerando benefícios na aerodinâmica durante as partidas, já que as cavidades do material reduzem o atrito com o ar e facilitam os chutes de longa distância dos craques da Copa do Nordeste.  

MAIS SOBRE:

Futebol Sport Bahia Branca Topper Brasil Futebol
Comentários