Bolsonaro usa camisa enviada pelo Grêmio em dia de partida com o Palmeiras

Presidente diz torcer pelo alviverde paulistano e usou camisa sem problema no último sábado, quando os dois times iniciaram série de três jogos

Relacionadas

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirma ser torcedor do Palmeiras, mas já deu diversas provas de que não tem problemas nenhum em utilizar camisas de outros clubes - até do Corinthians, arquirrival do alviverde, ele já utilizou. No último sábado, 17/08, recebeu uma camisa do Grêmio e utilizou, ainda que o tricolor gaúcho enfrentasse seu time no mesmo dia pelo Campeonato Brasileiro.

A camisa foi enviada por Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, e entregue pelo general Edson Pujol, na Academia Militar das Agulhas Negras em Rezende, no Rio de Janeiro, onde o presidente e o militar participaram de cerimônia de entrega do 411 Espadim, réplica reduzida do sabre de combate do patrono do Exército brasileiro, Duque de Caxias, para cadetes.

“Estou recebendo do comandante do Exército e do presidente do Grêmio… Gostei do papel (da embalagem), azul com bolinhas petras… como estou aqui em Rezende, na Academia Militar dos Agulhas Negras e tenho juízo, advinha o que vou fazer, vou vestir a camisa, pô”, diz o presidente no vídeo. O general Pujol agradece a Romildo Bolzan pelo presente.

No sábado, Palmeiras e Grêmio jogaram em Porto Alegre, ambos com times reservas, e empataram em 1 a 1. Nesta terça-feira, 20/08, as duas equipes voltam a se enfrentar pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores, novamente na capital gaúcha às 21h 30. A conclusão do confronto será em São Paulo, no dia 27/08, novamente às 21h 30.

MAIS SOBRE:

futebolJair BolsonaroGrêmioRomildo BolzanPalmeirasCampeonato Brasileiro de Futebol
Comentários