'Bolt não será jogador nem treinando por 100 anos', dispara técnico alemão

Treinador do Western Sydney Wanderers diz que mudança do ex-velocista para o futebol é ação de marketing

Relacionadas

O alemão Markus Babbel, atual técnico do Western Sydney Wanderers, da Austrália, concedeu uma entrevista polêmica nesta quinta-feira ao citar que Usain Bolt não vai se tornar um jogador profissional nem mesmo se "treinasse por 100 anos".

Para Babbel, a mudança do ex-velocista não passa de uma ação de marketing. "Vi ele jogar. Com todo meu carinho, acho que nem em 100 anos ele conseguiria. Como ação de marketing é sensacional. A Liga Australiana tem ganhado muita atenção. Mas não posso levar isso a sério", afirmou o treinador.

O recordista mundial e olímpico dos 100 e 200 metros, de 32 anos, treina desde agosto na Austrália vestindo a camisa do Central Coast Mariners, clube da primeira divisão. Na última sexta-feira, Bolt balançou as redes duas vezes.

Os gols do jamaicano foram marcados no amistoso contra o Macarthur South West United. Apesar dos tentos, ainda não é certo que Bolt disputará a liga profissional da Austrália. O acordo inicial prevê a participação do jamaicano apenas na pré-temporada.

 

MAIS SOBRE:

FutebolUsain Boltfutebol
Comentários