Botafogo é derrotado em processo contra o Porta dos Fundos

Vice-presidente jurídico do clube anunciou que irá recorrer da decisão

O Botafogo perdeu em primeira instância o processo que move contra o canal no YouTube Porta dos Fundos, o Flamengo e a Adidas pelo uso indevido de seu uniforme em um vídeo publicado pelo grupo humorístico, em maio de 2015. 

Após o anúncio da decisão judicial, o clube carioca já informou que irá recorrer. Para o clube, o canal fez uso da camisa alvinegra com fins comerciais e deveria pagar pelo uso da imagem do clube. "O Botafogo vai recorrer. Juiz não leu o processo. Parece que julgou de acordo com o que pediram. Juiz afirma que o Porta fez o vídeo sem interesse comercial, sem fins lucrativos. E por conta disso julga improcedente", declarou Domingos Fleury, vice-presidente jurídico do Botafogo, ao UOL Esporte.

E completou: "O Porta dos Fundos fez pra não ganhar dinheiro? Ora, fez o vídeo, divulgou e ganhou muito dinheiro. E vai dizer que não tem fins comerciais? Pedi perícia para apurar quanto ganharam com o vídeo, mas não o juiz liberou. Poderia provar, mas não deixou. Muito estranho". 

À época, o Porta dos Fundos fez um vídeo no qual jogadores do Flamengo ironizavam o número de patrocinadores na camisa do Botafogo. A gravação também serviu para anunciar a então nova camisa do rubro-negro e, por isso, a fornecedora de material esportivo também foi acionada no caso. 

MAIS SOBRE:

futebol Botafogo Porta dos Fundos Flamengo Adidas
Comentários