Brasil fica fora da primeira Copa do Mundo de FIFA 19; decisão revolta jogadores

De acordo com a Fifa, só foram convidados os 16 países mais avançados no game

Relacionadas

O Brasil está oficialmente fora da primeira Copa do Mundo de FIFA 19. De acordo com a Fifa, responsável por organizar o campeonato, só foram convidados os 16 países mais avançados no game para participar da edição inaugural que será realizada entre 13 e 14 de abril.

"Podemos confirmar que o Brasil não será um dos países competindo na primeira FIFA eNations Cup. Como primeiro ano de competição e ainda incluída na temporada do FIFA 19, a Fifa tomou a decisão de convidar 16 dos países mais avançados no FIFA para participar da edição inaugural. Para frente, a Fifa vai continuar a trabalhar com as associações-membros para crescer e desenvolver o FIFA nos seus respectivos países, assim como explorar alternativas para associações-membros se classificarem para futuras edições da FIFA eNations Cup". declarou a Fifa.

A decisão acabou revoltando grandes nomes brasileiros do eSport. Entre eles está Wendell Lyra, que se pronunciou pelas redes sociais. "Brasil está fora da primeira copa do mundo de Fifa, mas qual é a novidade? A EA nunca demonstrou intenção de alavancar o eSports aqui no Brasil e muito menos em relação aos jogadores. Infelizmente não estamos nem entre o top 5 dos países mais importantes em relação ao comércio e torneios", escreveu o jogador.

Vale lembrar que a responsável pelo gerenciamento do futebol brasileiro é a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que tem parceria com a Konami, desenvolvedora do PES 2019 e concorrente da EA Sports, empresa responsável pelo FIFA 19.

O e-Brasileirão, competição de eSports oficial da CBF, por exemplo, apresenta 20 clubes com uniformes e escudos licenciados pelo PES 2019.

MAIS SOBRE:

eSportsFifa [Federação Internacional de Futebol]
Comentários