'Brincava que Totti devia ser corno, porque não tinha defeitos', diz Pablo Osvaldo

Atacante acabou revelando demais sobre aspectos físicos íntimos do ex-colega durante entrevista

Relacionadas

O atacante argentino Pablo Osvaldo, ex-Roma e atualmente no Banfield, contou algumas histórias engraçadas da época em que jogou na equipe italiana, durante uma entrevista ao canal TNT Sports. Acabou até falando além do que deveria sobre o ex-colega Francesco Totti.

"Eu dizia ao Totti que, para mim, ele era corno... Porque não era possível! Ele é bonitão, não quero dar detalhes, mas também é bem dotado, é o melhor jogador com quem atuei... Tudo nele era perfeito, porque nem bafo ele tinha (risos)", contou Osvaldo.

"Aí eu falava para ele: 'Sua mulher deve ter outro'... Porque alguma coisa ruim ele tinha que ter! Mas nem isso. Nem corno ele era", brincou o argentino.

Osvaldo relatou que se tornou amigo do italiano principalmente pela simplicidade do italiano. "Quando eu cheguei à Roma, olhava para o Totti e nem conseguia acreditar que estava jogando com ele. Mas aí passou uma semana, ele tornou-se um bom companheiro, e me dei conta de que ele era um simples moleque do bairro, como eu", relatou.

Totti, ao lado de De Rossi, ainda o teria ajudado em um momento complicado. "Teve uma vez que nossa torcida estava furiosa comigo. Os ultras queriam me matar. Aí eu precisava ir embora, então pedi ao Daniele (De Rossi) e ao Francesco (Totti) que me acompanhassem. Afinal, não sou idiota (risos)", sorriu Osvaldo.

Osvaldo atuou na Roma entre 2011 e 2013. Hoje atua pelo Banfield, após ter ficado três anos longe do futebol para focar na carreira musical.

MAIS SOBRE:

futebolPablo OsvaldoTottiRoma [Associazione Sportiva Roma]
Comentários