Buffon detona torcedores que picharam homenagem a rival: 'Raiva e desgosto'

Fãs da Juventus vandalizaram monumento de atletas do Torino mortos em acidente aéreo

Relacionadas

Um dos maiores goleiros de todos os tempos, Gianluigi Buffon vem mostrando a cada jogo da Juventus que, mesmo com 39 anos, ainda "faz milagres" e é uma das grandes esperanças do clube de chegar à mais uma final de Liga dos Campeões. Nesta quinta-feira, dia seguinte à vitória por 2 a 0 sobre o Monaco pelo primeiro jogo da semifinal, o goleiro mostrou que fora de campo é um exemplo ainda maior do que dentro dele. Através de seu Facebook, o camisa 1 condenou os torcedores de seu time que picharam uma escultura em homenagem aos ex-jogadores do Torino que morreram em um acidente aéreo em 1949.

Em Turim, cidade sede dos dois clubes, há um monumento em homenagem às vítimas da fatalidade. Todo ano no dia 4 de maio, os jogadores que atuam pelo Torino vão até esse memorial para prestar condolências e respeito ao acidente que devastou o clube. Em 2017, para a surpresa de todos, a escultura amanheceu pichada, com mensagens ofensivas sobre os mortos do acidente. A atitude causou indignação em um dos maiores ídolos da história do rival.

Confira, na íntegra, o comunicado divulgado por Buffon em seu Facebook:

Em um belo dia pós-vitória, meus pensamentos estão com nossos primos do Toro. Com seus torcedores, e os gloriosos jogadores que trouxeram orgulho à nação e à fé granata. A homenagem a vocês é eterna, os campeões do Grande Torino, e perdoe aqueles que são responsáveis por atos sem nenhuma qualidade, que ridicularizam ou desrespeitam vocês mesmo nos dias de hoje, depois de quase 70 anos que vocês faleceram. As vítimas estão mortas, elas não estão incomodando ninguém. Elas devem ser deixadas em paz e ser respeitadas. As vítimas têm esposas, filhos e netos, e proporcionar a eles um outro sofrimento terrível, depois de tudo que eles já sofreram, é desumano. A rivalidade, a provocação, a esportividade… A vida te dê um monte de sentimentos. Alguns dele são nobres, outros nem tanto. Mas quando você escreve faixas sem decoro e impróprias, provavelmente sem consciência plena do que está fazendo, você está mais morto do que os mortos. Me provoca raiva e desgosto ver nossos 39 anjos da tragédia de Heysel sendo torturados até hoje. Não nos deixe sucumbir às mesmas falhas. Somos homens, precisamos nos distinguir se quisermos semear algo duradouro e construtivo para a humanidade que está atormentada. Não podemos nos contentar em ser medíocre e vil apenas para compensar um pouco do aqui e do agora. Em algumas situações, é melhor ser a vítima do que ser quem tormenta, porque quem tormenta será condenado pela vida a rastejar pelo inferno de suas vazias existências. As vítimas sofrerão no momento, mas depois elas perceberão que ser diferente de quem tormenta dará força a elas e segurança para que baseiem suas vidas em valores autênticos e se tornem portadores de beleza, consciência, respeito e lealdade; sem excluir qualquer concorrência ou rivalidade. Torcedores da Juve, eu me dirijo a vocês porque sei que posso depois de tudo que passamos juntos. Torcedores da Juve, me permitam ter muito orgulho de vocês, porque se nós pararmos para pensar e realmente acreditarmos no que 'lo stile Juve' representa, e nos valores absolutos que nos caracterizam, é inconcebível traduzir e violar os sentimentos daqueles que sofreram e ainda estão sofrendo. Nós não insultamos afeição, sentimentos e memórias. Um abraço a todos que acreditam que mesmo – e especialmente – no esporte, é necessário sermos homens de honra. Hoje, amanhã, sempre e para sempre: fino alla fine.

MAIS SOBRE:

Futebol Buffon Torino Monaco Facebook Liga dos Campeões Futebol
Comentários