Caio Ribeiro é contra a diretoria vender Antony: 'pode fechar as portas'

Ex-jogador e Gustavo Villani comentaram sobre o atacante no Seleção SporTV

Relacionadas

O São Paulo foi um dos temas debatidos por Caio Ribeiro e o narrador Gustavo Villani durante o programa Seleção SporTV desta sexta-feira. O comentarista deixou claro ser contra a venda do jovem Antony nesta temporada, afirmando, inclusive, que pode gerar um motivo de revolta dos torcedores do clube tricolor.

"Se a diretoria do São Paulo, até o final do ano, vender o Antony, fecha. Porque eles não vão sair na rua. Porque se tem um menino que reaproximou o time do torcedor, que é talentoso. O time caiu fora da Libertadores, perde a final do Paulista, vem a molecada e é um suspiro. Se vender o Antony pode parar e fechar as portas, porque a torcida não vai perdoar ninguém", disse o ex-jogador. 

Nesta semana, o periódico The Sun fez uma matéria sobre a disputa do Arsenal com o Ajax a respeito do jovem da base do São Paulo. "Unai Emery está desesperado para adicionar um atacante ao seu plantel", relata a publicação inglesa. 

Nas redes sociais, o tema tem sido alvo de debate. "Obrigação da diretoria é manter os meninos até o final de 2020", opina um torcedor no Twitter. "Antes os títulos depois lucros e dívidas. Antony é muito acima da média, pela postura e comprometimento", escreve outro.

"O São Paulo mudou de patamar em relação ao início de ano tenebroso, mas não confio mais. Tem de esperar para ver, se vendem Antony, porque a diretoria precisa, ou se vendem o Liziero. É o histórico recente", analisa Villani. "O retrospecto pede calma, porque podem vender jogador importante", completa.

MAIS SOBRE:

futebolCaio RibeiroAntonyArsenal Football Club [Inglaterra]AjaxSão Paulo Futebol Clube
Comentários