Câmera e torcedor relata carona dada a Guardiola após festa do Manchester City

Clube se preocupava com segurança do treinador caso ele tivesse que sair em meio à multidão

Relacionadas

Seu dia de trabalho está quase terminando, mas aí o chefe passa mais uma tarefa ou um colega pede ajuda. Essa é uma forma de descrever o que aconteceu com Mark Hilton, que foi contratado como câmera freelancer para gravar a festa do Manchester City pelos títulos da temporada. No entanto, a reação dele foi muito diferente que se costuma ter nesses casos: ele aceitou a última missão com gosto, afinal, o trabalho era levar Pep Guardiola para casa.

Torcedor do Manchester City, Hilton descreveu como recebeu o trabalho e o desenvolveu. "Eu estava prestes a sair, e aí aparece esse segurança, parecendo um 'Men in Black', com uma roupa do City e um fone na orelha, e pergunta se eu já estava indo. Eu disse que sim e ele perguntou se eu não poderia dar uma carona ao Pep (Guardiola). Eu perguntei o que e ele disse que não estavam conseguindo tirar ele de lá", contou o câmera ao jornal Manchester Evening News.

Com 100 mil torcedores na festa, o clube estava preocupado que o treinador não conseguisse sair de lá sem ser visto e abordado por uma multidão, o que poderia comprometer sua segurança. 

"Eu acho que ele estava um pouco nervoso porque conseguia notar que eu queria dar um beijo de agradecimento, enquanto me aproximava da porta dele, mas ele foi muito legal. Ele só ficava dizendo 'dirija, dirija' porque quando as pessoas o viram entrar na minha van, ali se tornou o centro das atenções", relatou Hilton. Com a ajuda do profissional, Guardiola chegou em casa em segurança.

O Manchester City celebrou a conquista inédita da tríplice coroa da Inglaterra, com os títulos da Copa da Liga Inglesa, do Campeonato Inglês e da Copa da Inglaterra conquistados na temporada 2018-19.

MAIS SOBRE:

futebolJosep GuardiolaManchester City Football Club
Comentários