Campeões da Copa da Inglaterra não terão bebida alcoólica para comemorar

Medida tenta evitar constrangimentos a atletas que seguem religiões que proíbem o álcool a menores de idade

Relacionadas

A Football Association (FA), entidade que organiza o futebol na Inglaterra, decidiu que não haverá bebidas alcoólicas na comemoração do time que vencer a Copa da Inglaterra nesta temporada. Motivos religiosos seriam a razão da decisão. As informações são do jornal Daily Mail.

Tradicionalmente, as equipes celebram com garrafas de champanhe, no gramado e no vestiário, e não somente bebendo, mas com os atletas jogando a bebida uns nos outros. Agora, a FA deixará garrafas de champanhe sem álcool nos vestiários para a celebração.

Apesar de não terem havido pedidos de jogadores ou clube pelo fim das celebrações com bebidas alcoólicas, a entidade considerou que jogadores que seguem religiões que desencorajam ou proíbem o consumo de álcool, como o Islã, poderiam ser constrangidos em levar um banho de champanhe, ainda que não venham a beber.

"Isso é para assegurar que nós seremos tão inclusivos quanto possível para comunidades que tenham uma proibição em relação ao álcool, assim como qualquer jogador abaixo de 18 anos de idade", disse um porta-voz da FA ao Daily Mail.

Ambos os finalistas desta edição têm jogadores islâmicos. Pelo lado do Watford, o meio-campista Abdolulaye Doucoure segue os ensinamentos de Maomé, enquanto Riyad Mahrez, Benjamin Mendy e Ilkay Gundogan são os representantes desta fé no Manchester City. A final será disputada em Wembley, no dia 18 de maio.

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Inglês de Futebol
Comentários