Candidato à presidência do Vitória não quer que time feminino jogue no Barradão

Para Paulo Carneiro, que presidiu clube baiano entre 1991 e 2005, homens e mulheres tem de jogar em espaços diferentes

Relacionadas

Paulo Carneiro foi presidente do Vitória por um longo período, e agora deseja retornar ao cargo nas eleições que serão realizadas o clube na próxima quarta, 24. Em entrevista a um canal do youtube, o candidato se manifestou contra o time feminino do clube jogar no Barradão, estádio oficial do Vitória.

"A primeira coisa que vou fazer [se eleito] é tirar o futebol feminino de lá. Porque não é lugar... Ou joga futebol masculino ou joga futebol feminino, tem que ser em lugares diferentes", afirmou Carneiro ao canal BAR FC, enquanto era entrevistado por um homem e uma mulher. A representante perguntou se ele se referia ao Barradão. Veja a entrevista completa no final da matéria.

"Não dá para eu imaginar que dentro da fisioterapia do Vitória, na maca tenha um jogador masculino e um jogador feminino. Isso, para mim, não dá! Prioridade do Vitória é sair dessa situação. Eu vou encontrar uma solução para o futebol feminino porque é obrigado por lei. Eu não tenho nada contra, certo? Apenas quero estabelecer regras", foi a resposta de Carneiro.

O ex-presidente voltou ao tema em outro ponto da entrevista. "Outro dia, vi uma mulher de salto batendo bola dentro de campo com um jogador homem. Você acha que nós vamos chegar onde? Com nossos hábitos brasileiros, nós vamos chegar onde?", questionou Carneiro.

A existência de um time feminino é requisitada pela Conmebol para que as equipes masculinas possam disputar suas competições. Embora o Vitória não esteja em nenhuma competição da entidade, prefere evitar problemas caso se classifique no futuro.

Paulo Carneiro foi presidente do Vitória entre 1991 e 2005 e sempre foi polêmico, por declarações e ações. Agora, tenta substituir Ricardo David, que está no cargo desde novembro de 2017. A eleição está marcado para a próxima quarta-feira (24), das 9h às 21h, no Barradão, e, além de Carneiro, terá também outro ex-presidente, Raimundo Viana, o auditor Gilson Presídio, a radialista Isaura Maria e o ex-diretor Walter Seijo.

MAIS SOBRE:

futebolVitória [Esporte Clube Vitória]Paulo Carneiro
Comentários