Cartola é demitido após dizer que 'Messi não seria tão bom sem Iniesta ou Neymar'

Pere Gratacós foi excluído do clube apenas seis horas depois do fato

Relacionadas

Ninguém tem dúvidas de que Lionel Messi é o grande nome do Barcelona. Mesmo com outros craques no elenco como Neymar, Luis Suárez, Piqué ou Iniesta, cabe ao argentino a honra de ser a estrela principal. E a relação do clube com seu craque é tão intensa, que eles não aceitam sequer uma crítica ao camisa 10.

Tudo isso ficou evidente com a declaração de Pere Gratacós, diretor de relações institucionais do Barcelona, que disse que "Messi não seria tão bom sem Iniesta ou Neymar". A fala do dirigente pegou tão mal dentro do clube, que apenas seis horas após o fato, ele foi destituído do cargo.

A justificativa da direção do Barcelona para afastar Gratacós foi de que ele "expressou publicamente uma opinião pessoal, que não coincide com a da entidade".

É "protegido" ou não esse Messi?

 

MAIS SOBRE:

FutebolMessiBarcelonaLuis SuárezIniesta
Comentários