Casa de Daniel Alves em Paris é assaltada enquanto lateral estava jogando

Brasileiro é mais um jogador do PSG a ter sua residência invadida durante jogo do time

Relacionadas

Depois de Thiago Silva e Choupo-Moting, Daniel Alves foi mais um jogador do PSG a ter sua casa assaltada enquanto estava em campo pelo time. O lateral direito enfrentava o Montpellier durante o roubo. A informação é do jornal L'Équipe.

Os ladrões teriam roubado relógios do lateral brasileiro e joias de sua esposa, Joana Sanz. A mansão do atleta fica em Neuilly-sur-Seine, na região oeste de Paris. Alves teria passado a sexta feira com os policiais que iniciaram as investigações.

As casas dos colegas de equipe de Alves haviam sido assaltadas no final de 2018. O roubo da casa de Thiago Silva foi em 23 de dezembro e causou um prejuízo de um milhão de euros (R$ 4,25 milhões de reais, na cotação atual). A do camaronês Chupo-Moting foi invadida duas vezes, uma em 28 de novembro e outra em 25 de dezembro. e o atacante perdeu 600 mil euros (R$ 2,6 milhões).

Na partida, o PSG goleou o Montpellier por 5 a 1. A equipe lidera o Campeonato Francês com 14 pontos de vantagem para o vice-líder, o Lille, além de ter saído na frente contra o Manchester United nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

MAIS SOBRE:

futebolDaniel AlvesParis Saint-GermainCampeonato Francês de Futebol
Comentários