Casa de técnico do Leicester é invadida enquanto família dormia no local

Brendan Rodgers recentemente trocou de time e mudou de cidade, por isso não estava presente durante o assalto

Brendan Rogers, técnico que recentemente deixou o escocês Celtic e assumiu o Leicester, deu detalhes da invasão a sua casa em Glasgow, ocorrida na última quarta-feira. O treinador descreveu a situação como 'horrenda'. Charlotte e Lola, respectivamente mulher e enteada de Rodgers, dormiam na residência e não foram feridas.

"Para elas, ter alguém entrando no quarto, é realmente horrendo. Eu só procurei garantir que elas estão seguras lá. Estamos procurando uma casa aqui em Leicester e elas vão se mudar para cá em breve", falou Rodgers. O técnico deixou a equipe escocesa e voltou para a Inglaterra há uma semana, e deve acelerar a mudança da família.

"Quando recebi a ligação nas primeiras horas da manhã, me preocupei com a segurança delas. A reação de muitas pessoas tem sido ótima. Nos deram muito apoio. Um dos nossos amigos, Lord Willie Haughey, eu liguei para ele e na hora ele estava a caminho para ter certeza de que Charlotte e Lola estavam seguras. Eu o agradeço por isso. Estou sempre focado no futebol e dessa maneira não iria me distrair do trabalho.

Os invasores levaram medalhas dos títulos que Rodgers havia conquistado durante o período no Celtic. "Vou ter que me esforçar para conquistar mais", o técnico comentou sobre elas. A polícia escocesa já investiga o crime.

Rodgers conquistou nove títulos nacionais em três temporadas no Celtic, mas atraiu a fúria dos torcedores ao deixar a equipe no meio da temporada e fechar com o Leicester. 

MAIS SOBRE:

futebolLeicester CityGlasgow
Comentários