Casagrande se emociona durante transmissão: 'Bateu saudade do Sócrates'

Comentarista relembrou as finais do Paulistão de 1982 e 1983, quando o ex-jogador ajudou a vencer o rival

Relacionadas

O ex-jogador e comentarista Walter Casagrande não escondeu a emoção durante a transmissão do primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, entre Corinthians e São Paulo, neste domingo, no estádio do Morumbi. Casão relembrou as finais do Estadual de 1982 e 83, quando ele era atacante do Corinthians e o Alvinegro bateu o Tricolor. 

"Estão dentro da minha memória as imagens de 82 e 83. Parecem que estão acontecendo hoje. Me bateu uma grande saudade do Sócrates hoje. Se eu tivesse possibilidade, eu daria um abraço no Sócrates e ao mesmo tempo no Wladimir. Ele é uma das pessoas mais importantes, junto com o Magrão, na minha vida no futebol. Na lateral-esquerda do Corinthians, nunca vai aparecer um jogador como o Wladimir", disse Casagrande.

 O narrador Cléber Machado também fez questão de relembrar aquelas finais históricas entre Corinthians e São Paulo do início da década de 80. "É uma memória afetiva. Eu, naquele tempo, estava começando a ser repórter na Rádio Globo. O estádio estava lotado, dividido, e o São Paulo era bicampeão", afirmou.

 Em 1983, o Corinthians conquistou o bicampeonato estadual após empate com o São Paulo no Morumbi por 1 a 1, gols de Sócrates e Marcão. O São Paulo foi um time nervoso a ponto de Darío Pereyra ser expulso por uma entrada maldosa em Casagrande.

MAIS SOBRE:

futebolWalter CasagrandeCampeonato PaulistaCorinthiansSócrates
Comentários