Casal de gremistas coloca nome nos filhos gêmeos de Geromel e Kannemann

Ideia de homenagear dupla de zaga campeã da Libertadores foi do pai, e mãe aprovou

Relacionadas

Nomear os filhos homenageando um ídolo do seu time é uma atitude relativamente comum. Então, por que não fazer isso quando vierem gêmeos, homenageando uma dupla de jogadores? Foi o que Mozart Silveira Neto e Giovana Badin Crippa Silveira, torcedores do Grêmio, pensaram ao nomearem seus filhos gêmeos.

Dessa forma, os garotos, nascidos no 13 de maio, se chamam Leonardo Geromel e Eduardo Kannemann, com os nomes dos zagueiros do tricolor gaúcho que foram fundamentais para a equipe na conquista da Copa do Brasil 2016 e da Libertadores 2017, entre outros títulos.

"Aqui em casa, somos todos gremistas. Sou frequentador assíduo dos jogos, estava em todos os últimos títulos. Quando descobri que era gêmeos, fiquei meio assustado, mas depois, pensei “qual a dupla do momento?”. Logo veio minha dupla Geromel e Kannemann. Quando descobri que eram meninos, aí não teve mais volta", contou o pai, Mozart, sobre a escolha dos nomes ao site globoesporte.com.

E como foi a reação das pessoas ao saber? Ele contou isso também. "A cada gremista que eu contava que estávamos grávidos esperando o Geromel o o Kannemann era uma euforia só. Já os colorados é que não gostam muito", relatou.

Giovana diz ter aprovado quando ouviu a proposição. "A ideia é divertida, né? Eu não me opus. A ideia é dele (marido), mas teve meu apoio. Até o registro, ainda tinha dúvidas. Mas aí foi tranquilo", comentou. Ela também tem esperança de que os garotos sejam jogadores. "Se levar em conta o quanto eles chutavam minha barriga, pode ser que sejam sim. Quem sabe daqui a 20 anos, joguem no Grêmio. Aí ia ser lendário", projetou.

MAIS SOBRE:

futebolGrêmioPedro GeromelWalter Kannemann
Comentários